Pub

Foto © Samuel Mendonça

Uma mancha de espuma branca com cerca de três milhas, aproximadamente cinco quilómetros, surgiu na ontem junto à Ria Formosa e está a preocupar as autoridades, disse hoje à Lusa o capitão do Porto de Faro.

A mancha estende-se ao largo das ilhas da Armona, Culatra, Farol até à ilha Deserta e, ainda que não existam vestígios de que esteja a afetar a vida animal, as autoridades enviaram amostras para análise para os laboratórios da Agência Portuguesa do Ambiente, em Lisboa.

O capitão do Porto de Faro, Cortes Lopes, contou à Lusa que a mancha está a ser vigiada e que as autoridades aguardam o resultado das análises para determinar as próximas ações, entre as quais a limpeza da área afetada.

Embora a origem da mancha de espuma seja conhecida, a mesma fonte admite que tenha sido trazida desde o mar alto para a Ria Formosa após o mau tempo que se fez sentir esta semana.

As capitanias dos portos de Faro e Olhão, o Parque Natural da Ria Formosa e a Agência Portuguesa do Ambiente estão a analisar o caso.

Pub