Pub

Maria Cavaco Silva afirmou esta manhã, na visita que realizou ao Centro de Bem-estar Social Nossa Senhora de Fátima, em Olhão, que “se não fosse a Igreja, o país estaria numa situação ainda mais complicada”.

Na visita à instituição, entregue desde a sua fundação aos cuidados das irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição, a mulher do Presidente da República considerou que cada uma das cinco religiosas “vale por três” funcionárias por estarem ao serviço daquela obra a tempo inteiro e se dedicarem a ela integralmente.

Em declarações ao FOLHA DO DOMINGO, o padre Carlos de Aquino, presidente da instituição, testemunhou que Maria Cavaco Silva “reconheceu o trabalho da Igreja e a presença das irmãs e de todos os que se esforçam por levar a bom porto” aquela obra.

Samuel Mendonça

Pub