Pub

Nascido em Portimão em 1860, Manuel Teixeira Gomes foi o sétimo presidente da República Portuguesa, cargo que exerceu entre 1923 e 1925, ano em que renunciou ao mandato para se dedicar exclusivamente à literatura.

Para comemorar os 150 anos sobre o nascimento do “escritor presidente”, a Câmara de Portimão preparou uma agenda temática para 2010 com um conjunto de iniciativas que se irão desenrolar durante.

A primeira é a realização de um espectáculo que sobe hoje ao palco do Teatro Municipal de Portimão, onde vai ser revisitado o ciclo de canções “Viagem de Inverno”, do compositor austríaco Franz Schubert.

Composto em 1827, um ano antes da morte de Schubert, “Viagem de Inverno” ou “Winterreise” (título original) é um ciclo de 24 canções baseado nos poemas do alemão Wilhelm Müller.

As comemorações do nascimento do “escritor presidente” arrancaram logo em Dezembro com a inauguração da Casa Manuel Teixeira Gomes, local onde nasceu e viveu, e o lançamento da exposição "Posta Restante – As viagens do Escritor Presidente".

Durante este ano, serão levadas a cabo em Portimão diversas iniciativas para assinalar a efeméride, entre espectáculos musicais, de teatro e de dança, exposições, colóquios e exibição de filmes.

Em Fevereiro, a formação Schostakovich Ensemble apresenta em concerto o espectáculo “200 anos do nascimento de Schuman”, estando ainda previsto um ciclo de concertos para Manuel Teixeira Gomes, pela Orquestra do Algarve.

Em Março, a cidade de Portimão recebe o festival “Cidades Invisíveis: Ponte de Istambul”, que reúne música, dança, teatro, cinema e literatura.

Pub