Pub

Foto © Luis Forra/Lusa
Foto © Luis Forra/Lusa

A Autoridade Marítima recomendou hoje aos pescadores e à população do Algarve que “tomem precauções acrescidas”, devido a um agravamento do estado do tempo previsto para o fim de semana, com ondas que poderão atingir os cinco metros.

Em declarações à agência Lusa, o comandante da Zona Marítima do Sul, Paulo Isabel, considerou “de extrema importância” que os pescadores mais expostos à ondulação utilizem os coletes salva-vidas e que mantenham em zonas de fácil acesso os meios de salvamento a bordo das embarcações.

“Além dos equipamentos de segurança, os pescadores devem verificar as condições meteorológicas antes de saírem para o mar, face à previsão do agravamento do estado do tempo para a costa do Algarve, com ondulação que pode variar entre os quatro e os cinco metros de altura”, destacou o comandante.

Paulo Isabel recomendou, também, que a população “evite os passeios junto à linha de água, em particular os molhes e as zonas de rebentação nas praias”.

“As pessoas são atraídas aos molhes pela rebentação e, por vezes, são surpreendidas pela ondulação, sendo arrastadas para o mar”, advertiu.

O comandante da Zona Marítima do Sul recordou que, “apesar de os meios de socorro marítimos estarem de prevenção, é fundamental da parte de todos uma atitude de prevenção, para evitar situações de risco com consequências graves”.

Pub