Pub

O mau tempo provocou hoje danos na estrutura de um bar na Praia da Rocha, junto à marina de Portimão, causando também estragos em pequenas infraestruturas, como arrecadações, disse à Lusa fonte da capitania local.

“O mar entrou com força pela barra e afetou sobretudo a zona da chamada praia da marina”, referiu o capitão do porto de Portimão, Ricardo Santos Arrabaça, sublinhando que não existem, para já, danos pessoais a registar.

Segundo aquele responsável, o mais difícil para as autoridades tem sido “evitar que as pessoas tenham comportamentos de risco e se aproximem demasiado das zonas costeiras, expondo-se demasiado” aos potenciais efeitos do mau tempo.

O avanço do mar naquele extremo da Praia da Rocha, onde se situa o bar de praia “No Solo Água”, retirou “toda a areia que sustentava a infraestrutura” e, ao fazê-lo, fez com que toda a costa ficasse mais exposta.

“Tem havido algumas quedas de árvores, palmeiras, inundações, mas tudo coisas que seriam de esperar. A água tem chegado a muitos sítios, mas nada de catastrófico”, resumiu Ricardo Arrabaça.

As autoridades vão agora continuar a monitorizar a situação, sobretudo durante a noite e madrugada, quando a maré voltar a subir, esperando-se que atinja novamente o seu pico pouco antes das 03:00.

À exceção da barra de Portimão, condicionada à navegação apenas de embarcações com mais de 35 metros, todas as outras barras do Algarve estão fechadas, ou seja, as de Alvor, Albufeira, Faro, Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António.

Pub