Breves
Inicio | Sociedade | Mau Tempo: “Limpa areais” e bombeiros combatem estragos do temporal nas praias e estradas

Mau Tempo: “Limpa areais” e bombeiros combatem estragos do temporal nas praias e estradas

Na Ilha de Faro, os condutores esperam pacientemente que os "limpa areais" retirem da estrada toneladas de areia trazidas pelo mar e vento. O areal invadiu o asfalto com um manto grosso de areia que está a condicionar o trânsito normal.

Na estrada 396 que vai para Quarteira, quatro pinheiros quebraram, derrubando um poste de electricidade, o muro de uma habitação e parte do telhado.

"Isto aconteceu cerca das 02:00 e agora tenho os cabos de electricidade espalhados no jardim e não há luz", contou à Lusa Mário Sebastião, irmão do proprietário da casa invadida pelas árvores e sem electricidade.

Na praia de Quarteira as luzes de Natal foram também derrubadas e destruídas pelos ventos fortes.

No Barlavento algarvio, o vento e chuva fortes também originaram a queda de árvores, iluminações de Natal, andaimes e o corte de algumas estradas, tendo o concelho de Portimão sido o mais afectado pelo mau tempo.

Segundo a Protecção Civil Municipal de Portimão, o vento arrancou árvores de grande porte, telhas de várias habitações, destruiu vedações, "placards" publicitários, sinais de trânsito, e provocou estragos em viaturas e o corte de algumas estradas da cidade.

A mesma fonte, disse ainda que não foram registados danos pessoais.

Em Aljezur, a Estrada Nacional 120 esteve cortada ao trânsito esta madrugada, durante cerca de duas horas, devido ao transbordo de uma ribeira.

Em Lagos, os bombeiros acorreram a pequenas inundações, enquanto que nos concelhos de Monchique e Silves, o vento e a chuva provocaram o derrube de árvores e o deslocamento de terras. A cidade de Silves ficou sem electricidade.

No concelho de Tavira estão desde as primeiras horas da manhã duas estradas cortadas ao trânsito devido às cheias, uma na freguesia de Santiago, outra na freguesia de Santa Maria, disse à Lusa fonte dos Bombeiros Voluntários de Tavira.

A Estrada Nacional 397 – que liga Tavira a Cachopo -, e a Estrada Municipal 397 – que liga Tavira a Santo Estêvão -, estão encerradas desde as 07:30, mas o trânsito poderá voltar a ser retomado durante a tarde, devido à baixa da maré e caso não chova mais, disse o comandante da corporação.

O Comando Distrital de Operação de Socorros (CDOS) registou várias dezenas de inundações em todo o distrito algarvio e alguns deslizamentos de terras e várias dezenas de quedas de árvores.

Verifique também

Escola Secundária Pinheiro e Rosa, em Faro, procura bicicletas usadas para recuperar

A Escola Secundária Pinheiro e Rosa, em Faro, está à procura de bicicletas usadas, peças …