Pub

Os distritos da Guarda e Castelo Branco estão sob aviso amarelo devido à previsão de queda de neve acima dos 200 metros, subindo gradualmente a cota para os 1000 metros.

Nos distritos de Portalegre e Faro, o aviso amarelo deve-se à previsão de vento forte, com rajadas da ordem dos 90 km/hora nas terras altas.

O aviso amarelo, o segundo menos grave de escala de quatro, refere-se a "situação de risco para determinadas actividades dependentes da situação meteorológica", segundo o IM.

Para hoje, o IM prevê céu geralmente muito nublado, alternando com abertas durante a manhã e princípio da tarde, vento em geral fraco do quadrante leste, soprando forte a muito forte de oeste na região Sul até ao final da manhã.

Prevêem-se ainda períodos de chuva fraca até ao final da manhã, mais provável a sul do sistema montanhoso Montejunto-Estrela, possibilidade de queda de neve nas regiões Norte e Centro acima dos 400 metros, subindo gradualmente a cota para os 1200 metros, chuva para o final do dia no Minho e Douro Litoral e subida da temperatura máxima.

Quanto às temperaturas, em Lisboa prevê-se uma máxima de 13 graus Celsius, no Porto 10º, na Guarda 4º (mínima de -4º), em Castelo Branco 8º (mínima de -1º), em Portalegre 10º (mínima -1º) e em Faro 17º.

Devido às previsões de queda de neve para os próximos dias em algumas regiões do interior Norte e Centro do país, a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) decidiu no domingo prolongar o alerta azul até às 12:00 de hoje.

Inicialmente decretado até às 20:00 de domingo, o alerta azul abrange os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Aveiro, Viseu, Guarda, Coimbra e Castelo Branco.

O alerta azul da ANPC diz respeito à "existência de condições para ocorrência de fenómenos com dimensão e magnitude normais", em que "o dispositivo de Protecção Civil e Socorro reforça a monitorização, intensificando as acções preparatórias para as tarefas de redução dos efeitos negativos dos eventos previstos".

Enquanto estiver em vigor o alerta azul, "as pessoas devem manter-se informadas sobre o evoluir da situação", ainda segundo a ANPC.

A Protecção Civil recomenda ainda especial atenção à condução de veículos, nomeadamente nas vias propensas à formação de gelo e acumulação de neve, ao respeito pelos cortes de estradas ou indicações de vias alternativas e ao uso de várias camadas de roupa em zonas mais frias.

De acordo com o "site" da Marinha, não há nenhuma barra marítima encerrada, apenas a de Vila Praia de Âncora está condicionada.

Pub