Pub

O Ministério Público (MP) acusou um homem suspeito de ter violado e de tentar matar uma mulher em Albufeira, em dezembro de 2016, informou ontem a Procuradoria da Comarca de Faro.

Em nota publicada na sua página da internet, a procuradoria refere que o MP do Departamento de Investigação e Ação Penal de Albufeira deduziu acusação contra o arguido, de 38 anos, pela prática de um crime de violação e de um crime de homicídio qualificado na forma tentada.

Os factos remontam à madrugada do dia 01 de dezembro de 2016.

De acordo com a acusação, citada pela Procuradoria, o arguido “entrou numa zona de multibanco de uma dependência bancária da baixa de Albufeira e, aí, violou e agrediu, com violência, uma mulher, com mais de 65 anos, sem-abrigo, que ali pernoitava”.

Na altura da detenção, a Polícia Judiciária (PJ) indicou que o arguido abordou a mulher que se encontrava a dormir no hall de uma dependência bancária, junto às caixas ATM, “e, mediante o uso de força física, despiu-a parcialmente e face à resistência da vítima agrediu-a, provocando-lhe fraturas maxilo-faciais e nasais.

O agressor foi intercetado por um jovem de 21 anos, que o conseguiu imobilizar até à chegada da Guarda Nacional Republicana.

O inquérito foi dirigido pelo Ministério Público de Albufeira com a investigação delegada na Polícia Judiciária, encontrando-se o arguido em prisão preventiva a aguardar julgamento.

Pub