Breves
Inicio | Sociedade | Ministério Público de Faro ordenou detenção de mulher que angariou dinheiro com falso cancro

Ministério Público de Faro ordenou detenção de mulher que angariou dinheiro com falso cancro

O Ministério Público de Faro ordenou na terça-feira detenção de uma mulher suspeita de, ao longo de anos, ter angariado dinheiro com a falsa alegação de ter uma doença oncológica, informou aquele organismo.

A mulher, que pode vir a ser indiciada pelo crime de burla qualificada, alegava que precisava do dinheiro para fazer os tratamentos, lê-se no comunicado publicado na página da Procuradoria da Comarca de Faro.

O inquérito é dirigido pela secção de Albufeira do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Faro e coadjuvado pela GNR.

A detida será apresentada ao juiz de instrução competente, para interrogatório e aplicação de medidas de coação.

Verifique também

Quatro meses depois do fogo de Monchique população continua à espera das ajudas

As populações afetadas pelo incêndio que há quatro meses deflagrou no concelho de Monchique e …