Pub

A ilha da Fuseta faz parte de um conjunto de ilhas da Ria Formosa, um sistema lagunar único no mundo, alvo de um programa de requalificação denominado "Polis Litoral Ria Formosa".

Os trabalhos de montagem do cais e transporte de máquinas para a ilha da Armona – Núcleo da Fuseta, para permitir a demolição de construções em risco começaram sexta feira estando marcada para quarta feira de manhã o início das demolições, disse hoje à Lusa fonte da assessoria de imprensa do Ministério do Ambiente.

Esta primeira fase deverá estar terminada em junho, arrancando a fase final de requalificação a seguir à próxima época balnear. Os trabalhos representam um investimento superior a 441 mil euros.

Durante a visita à Fuseta, a ministra do Ambiente, Dulce Pássaro, vai anunciar a data da abertura da época balnear naquela ilha, acrescentou a mesma fonte.

O programa Polis tem um período de intervenção até 2012 e a área de intervenção é de 48 quilómetros de frente costeira e 57 quilómetros de frente lagunar, abrangendo cinco municípios: Loulé, Faro, Olhão, Tavira e Vila Real de Santo António.

O objetivo principal do programa é proteger e requalificar a zona costeira visando a prevenção de risco e promovendo a conservação da natureza e biodiversidade com uma gestão sustentável.

Além da ministra do Ambiente, também a secretária de Estado do Ordenamento do Território e das Cidades, Fernanda do Carmo, vai participar na visita.

Lusa

Pub