Pub

Maria Helena André manifestou ainda em Tavira, durante a cerimónia de bênção e lançamento da primeira pedra do Centro Inter-geracional da Quinta da Pegada, a intenção do Governo em atribuir qualificação à pessoas que trabalham na área social. “Queremos qualificar as pessoas que trabalham nestes equipamentos sociais porque a sua responsabilidade é muito grande”, justificou.

A ministra disse ainda que será investido no Algarve um montante de 30 milhões de euros para apoiar cerca de vinte mil pessoas ao abrigo da Iniciativa Emprego 2010.

Em declarações aos jornalistas, Helena André, que se deslocou ao Algarve numa visita de trabalho a três concelhos, disse que aquela iniciativa, aprovada em Conselho de Ministros na passada semana, estima cobrir no Algarve um total de cerca de vinte mil pessoas.

Questionada sobre o problema da sazonalidade no Algarve, onde o desemprego duplicou no último ano, a governante apontou a criação do programa Qualificação-Emprego para o sector do turismo como uma das medidas para combater o fenómeno.

“O plano Qualificação-Emprego para o sector do Turismo é uma das respostas, mas não a única”, disse a ministra, sublinhando que a região do Algarve “vai ser obviamente uma das grandes beneficiárias” do programa.

A ministra participou ainda na inauguração das novas instalações do serviço local da Segurança Social de Albufeira, na assinatura de um protocolo com a Âncora – Associação Centro Comunitário de Santa Luzia, também em Tavira, na inauguração da creche ‘Os Vivaços’, no Montenegro (Faro) e na cerimónia de entrega de diplomas do programa Novas Oportunidades, no Centro de Emprego e Formação Profissional de Faro.

A assinatura do alargamento do protocolo de cooperação do Rendimento Social de Inserção (RSI) entre o Instituto de Segurança Social e a Âncora pressupõe que a associação desenvolva acções de acompanhamento dos beneficiários do RSI, de forma a garantir a sua inserção e progressiva autonomia.

Em 2007, esta instituição recebeu um financiamento de 93.600 euros para o acompanhamento de 100 famílias.

Agora foi assinada a renovação por mais 2 anos, sendo que o Centro Distrital de Segurança Social irá assegurar o financiamento de 16.078 euros, que irá beneficiar 250 agregados familiares de todas as freguesias do concelho de Tavira.

Clique na foto para vê-la maior

Pub