Pub
© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

No âmbito das comemorações do 433º aniversário da sua fundação, a Santa Casa da Misericórdia de Faro irá promover diversas festividades na área da economia social e da cultura.

Assim, desde ontem está patente ao público na própria instituição uma exposição de obras pictóricas do pintor Carlos Louçã, uma mostra que irá manter-se até ao dia 1 de junho.

No dia 30 de maio, a Orquestra Clássica do Sul levará a cabo um concerto na igreja da Misericórdia e, no último dia do mês, Canaveira Campos, ex-presidente o Instituto António Sérgio, dissertará pelas 10h sobre economia social no salão nobre da Santa Casa, seguindo-se pelas 12h a celebração eucarística presidida pelo cónego José Pedro Martins com que encerram as festividades.

Pub