Pub

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O bebé de um ano e meio que caiu de um segundo andar no sábado em Lagos não “resistiu à gravidade da situação clínica”, disse ontem fonte do Centro Hospitalar e Universitário do Algarve (CHUA) à Lusa.

A mesma fonte não adiantou a hora do óbito, avançando apenas que o menino, que estava internado nos cuidados intensivos pediátricos do Hospital de Faro, “infelizmente não resistiu à gravidade da situação clínica”.

O bebé tinha sido internado no sábado em estado grave após a queda de um segundo andar de um prédio em Lagos.

As circunstâncias em que ocorreu a queda do bebé, de nacionalidade portuguesa, mas cujos pais são britânicos residentes em Portugal, estão a ser apuradas pela PSP.

A queda ocorreu durante a manhã de sábado e no local estiveram elementos da PSP de Lagos, do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e dos Bombeiros de Lagos.

Pub