Pub

Os responsáveis do movimento pela suspensão dos novos parquímetros em Faro alegam que a rotação média diária de veículos nas zonas tarifadas está abaixo dos 4000, o que traduz um “desperdício” de lugares superior aos 60%.

O movimento já recolheu perto de 7000 assinaturas, das quais mais de 3200 foram entregues ao presidente da Câmara Municipal de Faro alguns dias antes da entrada em vigor dos novos parquímetros. No final do passado mês de abril, foram entregues ainda mais de 4300 assinaturas à Assembleia Municipal de Faro.

O movimento afirma “que (…) não vai parar”.

Rúben Oliveira com Lusa
Pub