Pub

O movimento das Equipas de Nossa Senhora (ENS) na Diocese do Algarve tem nova direção, composta pelos casais Maria Manuel e Ricardo Limas e Cecília Miranda e João Pedro Guedes.

O padre Rui Barros é o conselheiro espiritual e os novos responsáveis iniciaram funções no passado domingo, 15 de novembro, na igreja de São Luís em Faro, onde foi celebrada uma eucaristia com a participação de membros das ENS no Algarve.

No final da celebração, o casal Maria Manuel e Ricardo Limas apresentou alguns objetivos pastorais para o próximo triénio, tendo em atenção a atual situação de pandemia. “Conhecer todas as equipas atuais”, “criar uma ou duas novas equipas”, “retomar a via sacra no Santuário da Mãe Soberana, em Loulé” e a criação de “equipas de jovens de Nossa Senhora na região do Algarve”, foram alguns dos objetivos apontados.

As ENS são um movimento para casais, que cultiva a espiritualidade e a santificação do casal, fundado pelo padre francês Henri Caffarel em 1939, e cuja causa de beatificação corre em Roma.

Em 1960, o Conselho Pontifício para os Leigos conferiu às ENS o reconhecimento como Associação Católica Internacional e em 1992 foi publicado o Decreto de Associação de Fiéis de Direito Privado.

Pub