Breves
Inicio | Igreja | Mulher derrubou o Papa na Basílica de São Pedro

Mulher derrubou o Papa na Basílica de São Pedro

A mulher, que aparentemente sofre de perturbações mentais, foi detida pela polícia do Vaticano. Na confusão criada acabaria por cair também o Cardeal francês Roger Etchegaray, que foi transportado para a Clínica Gemelli, onde se veio a confirmar uma fractura no colo do fémur.

O porta-voz do Vaticano, Pe. Federico Lombardi, emitiu um comunicado que confirma os factos e identifica a agressora como Susanna Maiolo, de 25 anos, cidadã com nacionalidade italiana e suíça. Não estava armada e foi internada, para receber “tratamento de saúde obrigatório”.

O Vaticano sublinha que a celebração decorreu sem “qualquer outro problema” e que não está prevista qualquer alteração no programa previsto.

Durante a tarde de Quinta-feira, o Papa tinha acendido a tradicional vela da paz e inaugurado o presépio na Praça de São Pedro.

Verifique também

Sínodo para a Amazónia foi “laboratório do que se pretende para a Igreja e para o mundo” [c/vídeo🎦]

O teólogo Juan Ambrosio considera que a Amazónia “é um laboratório do que o papa …