Pub

As medidas previstas no plano de ação do Contrato Local de Segurança visam diminuir os conflitos e problemas geradores de insegurança e criminalidade, identificados no diagnóstico que foi feito sobre naquela cidade algarvia.

O documento prevê também “disciplinar” a ocupação da via pública e os problemas relacionados com o ruído nos estabelecimentos de diversão noturna, a realização de ações de esclarecimento e diminuir as situações de exclusão social que possam estar associadas à criminalidade.

Segundo a autarquia de Portimão, o plano agora aprovado, resultou do diagnóstico efetuado sobre a segurança na cidade, que identificou vários problemas, entre os quais criminalidade associada ao tráfico de droga.

Integram o plano, que será monitorizado e avaliado até ao final do ano, a autarquia, o Governo Civil de Faro, a Polícia de Segurança Pública (PSP), a Guarda Nacional Republicana (GNR) e o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF).

Lusa

Pub