Pub

De acordo com a programação do Teatro Municipal de Portimão, a homenagem ao Nobel da Literatura decorrerá de 02 a 05 de fevereiro e incluirá um concerto, exibição de filmes e um encontro de leitores em torno do romance "Viagem do Elefante".

A iniciativa arranca com a exibição do filme "Jangada de Pedra" (2002), de George Sluizer, uma das primeiras adaptações para cinema de uma obra de Saramago, neste caso o romance de realidade alternativa no qual o escritor coloca a hipótese de a Península Ibérica se separar da Europa e se transformar numa ilha à deriva.

Nos dias 03 e 04 de fevereiro, serão exibidos "Embargo" (2010), de António Ferreira, a partir de um conto de Saramago, e o documentário de Miguel Gonçalves Mendes, "José & Pilar", sobre a relação de amor e trabalho do escritor e da jornalista Pilar del Río.

De acordo com a produtora Jumpcut, no dia 04 será inaugurada uma exposição com fotografias de rodagem do documentário, um somatório de dezenas de horas de filmagens em que o realizador acompanhou Saramago e Pilar em Lanzarote e em viagem pelo mundo.

A exposição, com imagens de Susana Paiva, ficará patente até 26 de fevereiro.

"Viagem do Elefante", o penúltimo romance do escritor, será o tema de uma comunidade de leitores, no café concerto do teatro de Portimão, a 05 de fevereiro.

A homenagem termina nesse mesmo dia com a Orquestra do Algarve a interpretar cinco temas instrumentais de noiserv, projeto de David Santos, compostos para a banda sonora do documentário "José & Pilar" e adaptados para formação de orquestra.

Sob a direção do maestro Osvaldo Ferreira, a orquestra irá ainda tocar a sinfonia n.º 104, de Franz Joseph Haydn, obra sobre a qual José Saramago escreveu o texto "As Sete Palavras do Homem".

José Saramago, autor dos romances "Memorial do Convento", "Ensaio sobre a Cegueira" ou "O Ano da Morte de Ricardo Reis", morreu a 18 de junho de 2010 aos 87 anos.

Folha do Domingo/Lusa
Pub