Pub

O presidente da Câmara Municipal de Loulé Seruca Emídio, que marcou presença na apresentação do livro, explicou que a obra pretende “perpetuar uma das páginas mais importantes do desporto em Loulé. As gentes de Loulé sempre vibraram com o ciclismo e os anos 50, 60 e 70 deram um cunho muito particular à modalidade em Loulé.”

Também o escritor Carlos Campaniço teve algo a dizer sobre o livro: “uma obra rigorosa, que nos traz o cheiro dos tempos em que o ciclismo se iniciou em Loulé”, “que vai muito além da parte desportiva, já que transmite as mentalidades da época” e “que marca a história do ciclismo”.

O autor terminou dizendo que o livro é “uma tese de vida”, “o testemunho da força, coragem e espírito de sacrifício destes homens”.

Pub