Pub

A Eucaristia, que marcou o início desta quinzena de oração, contou com a presença de vários sacerdotes nomeadamente, o presidente da celebração, Cónego José Pedro Martins, Reitor do Seminário, o Padre Pedro Manuel, Prefeito e Ecónomo, bem como membros da equipa formadora daquela instituição e todos os seminaristas pertencentes à Diocese do Algarve.
Na homilia, o Padre José Pedro, alertou os fiéis para o facto que “Jesus veio oferecer a salvação” e que o “sacerdote é aquele que participa nessa salvação”, sendo que “estes jovens, aqui presentes, estão dispostos a dizer sim no dia-a-dia, num mundo que precisa de salvação. Serão eles que podem ser mensageiros da paz e da alegria”. O Padre Pedro Manuel questionado pela Folha do Domingo sobre o seu sentimento por estas semanas de oração, dirigiu-se a todos aqueles que possam estar a sentir o chamamento de Deus afirmando que “não tenham medo de assumi-lo pois a vocação é, sobretudo, para fazer homens felizes”.
Já o Padre José Águas, pároco de Monchique, no final da Eucaristia, acrescentou que “quando Jesus foi escolher os seus discípulos passou uma noite a orar, e é isso que vamos fazer esta noite.”
Esta quinzena de oração realizada no âmbito da Semana Nacional dos Seminários, é “uma oportunidade para avivar o sentir eclesial” de todos e das comunidades, “perante a necessidade de oração, discernimento vocacional e acompanhamento daqueles que o Senhor quer chamar ao ministério ordenado”, conforme carta dirigida a toda a Diocese pelo o Padre José Pedro Martins.

Lúcia Costa

Pub