Pub

A primeira pedra para a construção da futura fábrica de conservas de Olhão vai ser lançada sexta-feira, dia 07, com a presença do ministro da Agricultura e Pescas, António Serrano.

"A fábrica Freitas Mar vai ser construída de raiz, com a mais recente configuração tecnológica, virada para o mercado interno e, sobretudo, externo, porque as nossas conservas são apreciadas no mundo", explicou o assessor do ministro António Serrano.

O investimento da obra ronda os 2,5 milhões de euros, uma verba que é apoiada pelo Programa Operacional Pesca para o período 2007-2013(Promar).

Durante a cerimónia de lançamento da primeira pedra vai ser também assinado um contrato com um outro investidor no setor das conservas para a construção de mais uma unidade conserveira em Olhão.

A indústria conserveira é um dos "pilares da aposta do investimento no setor das pescas, porque é aquilo de se exporta, é aquilo que os estrangeiros querem comer e é aquilo que equilibra a balança comercial", acrescentou a mesma fonte do ministério.

Olhão chegou a ter perto de uma centena de fábricas de conservas de peixe, mas hoje em dia há apenas duas fábricas de conservas de peixe e patês a labutar.

Lusa

Pub