Inicio | Cultura | Novo centro multimédia conclui requalificação do Promontório de Sagres em 2018

Novo centro multimédia conclui requalificação do Promontório de Sagres em 2018

O novo centro multimédia dedicado aos Descobrimentos que vai ser instalado no Promontório de Sagres deverá estar concluído até ao final de 2018, disse à Lusa a diretora regional de Cultura do Algarve, Alexandra Gonçalves.

A preparação e abertura do Centro Expositivo Multimédia dos Descobrimentos Portugueses, que tem já uma verba de dois milhões de euros prevista no próximo Orçamento do Estado, constitui a segunda fase do projeto de requalificação do Promontório de Sagres, o monumento mais visitado a sul do Tejo.

O novo espaço interativo visa reproduzir através dos sentidos a era dos Descobrimentos, mas também dar a conhecer o papel de Portugal na descoberta de novos mundos e na difusão da língua portuguesa, assim como a forma como essa era ajudou a moldar o que é o mundo contemporâneo, adiantou Alexandra Gonçalves,

“É uma missão pública daquele espaço ser visitado, porque nós, aqui no Algarve, precisamente naquela ponta entre Lagos e Sagres, fomos protagonistas da história mundial nesta fase”, referiu, acrescentando que o novo centro “vai enriquecer” a interpretação de todo o Promontório.

No novo centro, o visitante será conduzido ao longo de seis células, cada uma dedicada a um tema, onde poderá experienciar diferentes ambientes, desde a vida a bordo de uma caravela à forma como a língua portuguesa é falada em vários continentes, ou até uma reprodução do “escritório” do Infante Dom Henrique.

Naquele espaço estará patente a exposição permanente na fortaleza de Sagres, mas no piso superior haverá uma sala para exposições temporárias, estando ainda prevista a abertura de uma loja e de um café-restaurante.

De acordo com Alexandra Gonçalves, este ano, o Promontório deverá atingir os 380 mil visitantes, o número mais elevado dos últimos 20 anos.

O projeto de requalificação do Promontório foi iniciado em 2009, tendo sido investidos entre esse ano e o ano de 2016 um valor superior a quatro milhões de euros, faltando agora investir dois milhões de euros no novo centro para concluir o projeto.

O Promontório de Sagres foi reconhecido como marca do património europeu em 2015 e é dos locais que, no Algarve, integram a lista indicativa de bens portugueses candidatos a Património Mundial da UNESCO dos “Lugares da Primeira Globalização”.

Verifique também

“Eu não tenho nada (…) eu não devo nada”

Encarar uma situação má na nossa vida com sentido de humor, normalmente só acontece passado …