Breves
Inicio | Economia | Turismo | Ocupação média por quarto no Algarve fica nos 35,7% em janeiro

Ocupação média por quarto no Algarve fica nos 35,7% em janeiro

Foto © Luís Forra/Lusa

A ocupação média por quarto no Algarve foi, em janeiro, de 35,7%, valor 1% inferior ao registado em período homólogo de 2017, revelou a principal associação hoteleira da região.

A Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA) divulgou os dados recolhidos em janeiro pelo seu gabinete de estudos e frisou que, apesar da descida verificada, “o volume de vendas subiu 7,4%” face ao ano anterior.

Em termos de mercados emissores de turistas, o britânico foi aquele que mais contribuiu para a redução observada em janeiro, com menos 19,4%, enquanto o francês (mais 35,8%), o holandês (mais 8,2%) e o alemão (mais 4,2%) “foram os que mais contrariaram a descida”, precisou a associação hoteleira algarvia num comunicado.

A análise do gabinete de estudos da AHETA também incidiu sobre as áreas geográficas e atribuiu as principais descidas às zonas de “Albufeira (-14,1%), de Vilamoura/Quarteira/Quinta do Lago (-10,2%) e de Monte Gordo/Vila Real de Santo António (-7,4%)”.

Tavira, com um incremento de 21%, Lagos/Sagres, com mais 19,6%, e Carvoeiro/Armação de Pêra, ao subir 7,2%, foram as três zonas geográficas que registaram maiores subidas em janeiro, acrescentou a AHETA, associação sedeada no concelho de Albufeira.

“O volume de vendas subiu 7,4 por cento durante o mês, face ao período homólogo”, destacou a AHETA.

A associação hoteleira referiu ainda que, “em termos acumulados, nos últimos 12 meses, a taxa de ocupação quarto regista uma subida de 1,4%”.

Verifique também

Hoteleiros do Algarve preveem que alterações ao alojamento local potenciem arrendamentos ilícitos

A Associação dos Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA) disse hoje que as possíveis …

Deixe uma resposta