Pub

O estado do mar levou ao encerramento de nove barras: Caminha, Vila Praia de Âncora, Póvoa do Varzim, Douro, S. Martinho do Porto, Lagos, Alvor, Faro e Tavira.

O acesso às barras está condicionado em Aveiro, a embarcações com menos de 15 metros de comprimento, e na Figueira da Foz, para embarcações de comprimento inferior a onze metros.

Nos distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Vila Real, Bragança, Guarda, Viseu, Aveiro, Coimbra, Castelo Branco e Portalegre o IM prevê ventos fortes, com rajadas que podem atingir os 100 quilómetros por hora nas terras altas, acompanhados por chuvas intensas, por vezes com trovoadas, sobretudo nos distritos litorais e do centro do país.

O vento também vai soprar com intensidade no arquipélago da Madeira, sem chuva, estando a costa desta ilha sob aviso amarelo devido a ondas com uma altura prevista de quatro metros.

No continente, o IM colocou sob aviso laranja a costa acima do distrito de Leiria e a amarelo a costa ocidental a sul deste distrito e a do Algarve, devido ao estado do mar, com ondas de cinco metros de altura e vento forte no litoral, com rajadas que podem atingir os 70 quilómetros por hora.

Os distritos de Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja e Faro estão sob aviso amarelo, prevendo-se que a velocidade do vento possa atingir os 70 quilómetros por hora.

Para hoje, o IM prevê céu geralmente muito nublado e as temperaturas máximas vão atingir os 14 graus Celsius no Porto, 16º em Lisboa, 18º em Faro, 17º em Ponta Delgada e 22º no Funchal.

Lusa

Pub