Pub

O ferido grave, um homem de 46 anos, encontra-se em observação, disse a mesma fonte, acrescentando que o doente está “estável e consciente”.

As restantes vítimas, oito adultos e duas crianças, foram tratados a ferimentos ligeiros e já tiveram alta.

A estes 11 feridos juntam-se os cinco feridos resultantes do desabamento do teto do aeroporto de Faro, um dos quais em estado grave mas estável, de acordo com a mesma fonte do Hospital de Faro.

Por toda a cidade são visíveis os efeitos do mau tempo, com quedas de árvores, sinais de trânsito destruídos e várias infraestruturas danificadas, incluindo um posto de abastecimento de combustíveis que teve que encerrar ao público.

Fonte da Proteção Civil distrital disse à Lusa que não se registaram mais danos pessoais.

A mesma fonte adiantou que, além do Cerro do Bruxo, os principais problemas ocorreram no Montenegro – a poucos quilómetros do aeroporto –, junto ao centro comercial Fórum Algarve.

A Feira de Santa Iria, situada junto à baixa da capital algarvia, não sofreu danos de monta, acrescentou a mesma fonte.

Lusa
Pub