Pub

Situada em plena Ria Formosa, a praia, para a qual o acesso é feito apenas de barco, atrai muitos portugueses, espanhóis e um número crescente de franceses, que ali vão também para desfrutar das experiências proporcionadas pela empresa “A vida é bela”, que tem a concessão do espaço.

No espaço “lounge” os veraneantes podem relaxar ao som de música “chill out”, pôr a leitura em dia na banca de jornais – que inclui periódicos portugueses, espanhóis e ingleses – ou, para quem quiser mais ação, alinhar em actividades várias.

Aulas de surf e Ioga (estas últimas apenas a partir de agosto), passeios de catamarã ou canoa, massagens e degustação de ostras ao final da tarde, oferecidas aos clientes consoante as marés, fazem da “experience beach” um local que já ganhou “habitués”.

José Martins, de Carcavelos, que costuma ali passar os três meses de verão, diz que a Praia da Terra Estreita é “uma pequena maravilha” no Algarve e jura que, desde que trocou o Sul de Espanha por aquela zona, “nunca mais quis outra coisa”.

O segredo, dizem os responsáveis pela concessão na praia, é aliar o “puro prazer” á “preservação do melhor que a Ria Formosa tem para oferecer”, conceito que, por enquanto, António Quina não quer estender a outras praias algarvias.

“Nós queremos que esta praia seja única, a pérola do Algarve”, resume o diretor geral da empresa, frisando que fomentam a economia local mostrando a gastronomia da zona, como as ostras, retiradas de um viveiro que possui nas proximidades.

O responsável pela concessão, Martim Quina, diz que a degustação de ostras é uma das “joias da coroa” daquela praia, sendo as massagens – feitas exclusivamente através de reserva -, e os passeios de canoa as experiências mais procuradas.

Quanto aos preços, os passeios de canoa para uma pessoa podem custar sete ou dez euros (meia hora e uma hora), preço idêntico às aulas de surf, as massagens, que duram meia hora, custam 35 euros, o mesmo valor de uma hora de passeio num catamarã.

As aulas de Ioga, que só deverão arrancar em agosto, estão programadas para acontecer nos finais de tarde de sábados e domingos e serão gratuitas.

O programa de actividades deverá estender-se até setembro.

Lusa

Pub