Breves
Inicio | Igreja | Padre Jesús Ejocha celebrou a missa nova em Monchique

Padre Jesús Ejocha celebrou a missa nova em Monchique

Missa_nova_pe_jesus_ejocha (3)
© Lúcia Costa

Foi com um sentimento de felicidade que o padre Jesús Ejocha começou a celebração da sua missa nova, no domingo, dia 29 de junho, na igreja matriz de Monchique, admitindo que «não foi por acaso» que foi ordenado diácono e presbítero na solenidade de São Pedro e São Paulo, pois são dois apóstolos com quem se identifica.

Durante a sua homilia, advertiu os presentes que «devemos olhar para a vida de São Pedro e São Paulo pois são «dois grandes mestres, dois grandes mensageiros, dois grandes protótipos da fé» e «que por confiaram sempre em Deus, Deus os ajudou».

Além disso, «mostram que o caminho da nossa vida, sem Deus, não faz sentido». Neste seguimento, o padre Jesús Ejocha convidou os cristãos a fazerem um «exame de consciência com o que fizemos com o nosso batismo», devendo «abandonarmo-nos nas mãos de Deus, vivendo por Deus, com Deus e para Deus».

Apelou ainda à comunidade que «continue a ajudar os padres, porque eles precisam» e «porque todos somos convidados a anunciar a Boa Nova».

Para terminar, e «porque Deus sabe como faz as coisas, pois a minha caminhada vocacional não foi fácil», aproveitou para se dirigir a todos os que tiveram de alguma forma, influência na «materialização do dia de hoje» porque, afirma, «Deus seduziu-me» e «deu-me esta vocação tão bonita e tão especial».

Verifique também

Igreja do Algarve apresenta Programa Pastoral 2019/2020 em Assembleia Diocesana

O Programa Pastoral da Diocese do Algarve para o ano pastoral 2019/2020, sob o tema …