Breves
Inicio | Sociedade | Padre Lino Maia foi homenageado no encerramento do XIII Congresso Nacional das Misericórdias

Padre Lino Maia foi homenageado no encerramento do XIII Congresso Nacional das Misericórdias

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O presidente da Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS), padre Lino Maia, foi homenageado no passado domingo no encerramento do XIII Congresso Nacional das Misericórdias, que decorreu de 7 a 10 deste mês em Albufeira, no Palácio de Congressos do Algarve.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O presidente da União das Misericórdias Portuguesas (UMP), que promoveu o congresso, juntamente com o Secretariado Regional de Faro daquela instituição, explicou que em todos os congressos são distinguidas personalidades de referência para aquelas entidades.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Manuel de Lemos explicou que para além daqueles que “dignificam o movimento das Misericórdias, na maior parte dos casos com muitos anos de serviço ao serviço das suas Misericórdias e das comunidades locais” e daqueles que “desempenharam funções nos órgãos sociais das Misericórdias”, são também homenageadas “personalidades que, pela sua atividade, pela sua função e pela maneira como interagiram com as Misericórdias portuguesas”, a UMP entende serem de destacar. “Este ano para essa função o secretariado nacional entendeu propor o senhor doutor Lino maia, presidente da CNIS”, acrescentou.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Para além do padre Lino Maia, na sessão de encerramento que contou com a presença do presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, foram ainda homenageados com Medalhas de Mérito e Dedicação, Rui André, presidente da Câmara Municipal de Monchique e vice-provedor da Misericórdia local, João Cardoso Azaruja, provedor da Misericórdia do Redondo, José Fernando Béco, ex-provedor e atual presidente da assembleia geral da Misericórdia de Seia, Manuel Carraco dos Reis, provedor da Misericórdia de Montemor-o-Velho, Humberto Carneiro, provedor da Misericórdia da Póvoa do Lanhoso e presidente do secretariado regional de Braga, Francisco Cardoso, ex-provedor da Misericórdia de Palmela e Mariano Cabaço, coordenador do Departamento do Património Cultural da UMP.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Verifique também

PJ detém suspeito de tentar matar homem em Olhão há seis meses

A Polícia Judiciária (PJ) deteve ontem um homem de 25 anos suspeito de tentar matar …