Pub

Missa_nova_pe_paulo_duarte_portimao (2)O padre Paulo Duarte, sacerdote da Companhia de Jesus (jesuítas), ordenado no passado dia 5 deste mês em Coimbra, regressou no último sábado à sua paróquia de origem, a matriz de Portimão, para celebrar a Missa Nova, a primeira eucaristia celebrada pelo sacerdote depois da ordenação.

Natural de Portimão, o padre Paulo Duarte referiu-se naquele Dia dos Avós à “felicidade” que sente desde que foi ordenado, lembrando o conselho da sua avó quando a visitou no hospital para dela se despedir: «Filho, sê sempre feliz para sempre para fazeres os outros felizes».

Missa_nova_pe_paulo_duarte_portimaoO padre Paulo Duarte lembrou que o sacerdócio significa serviço. “Saber escutar a pessoa que tenho diante [mim], a pessoa tal e qual como ela é e ajudá-la a encontrar este caminho de relação com Deus. No fundo somos chamados a (…) direcionar para o serviço para ajudar os outros no crescimento, a viverem em dignidade da humanidade”, afirmou.

O sacerdote lembrou que a entrega ao serviço da Igreja é a entrega de si próprio e que a “voz de Deus” não é escutada com os ouvidos, mas com o coração. “A certeza deste amor [de Deus] que empurra a ser quem sou e nisso entregar-me ao serviço com os dons recebidos, entregar-me neste serviço da entrega de mim próprio. E para tal é preciso deixar que o nosso coração escute e escute bem esse amor de Deus na sua misericórdia”, afirmou.

Missa_nova_pe_paulo_duarte_portimao (1)O sacerdote deixou claro que o exercício do ministério implica também uma contínua revisão de vida. “Pergunto-me a mim: o que é que eu tenho que mudar para ser mais humano e alguém que escuta a vontade de Deus nesta relação mais profunda com os outros?”, questionou, avançando a resposta: “Escutar-me e deixar que a voz de Deus vá sussurrando e dizendo: «Olha, sê tu próprio! Descobre que eu estou à tua espera tal e qual és». No fundo, é pensar que a minha vida é para ser mais humana, real e mais voltada para os outros. No fundo, desenrolar-me e ficar rosto a rosto, dando vida ao outro. E esta escuta permite-me isto: dar vida”, complementou.

com Hélder Alberto

[youtube width=”660″ height=”400″]https://www.youtube.com/watch?v=rkmbfWiiaq8[/youtube]

Pub