Pub

Após a leitura da provisão da nomeação do novo pároco, da sua profissão de fé e juramento de fidelidade a Cristo e á Igreja, da entrega simbólica da chave da igreja e da assinatura do auto da tomada de posse, o vigário geral da Diocese do Algarve evocou na homilia os deveres do pároco

Com base na provisão de nomeação, o cónego Firmino Ferro lembrou o anúncio da palavra de Deus a todos os fiéis, recordando que o prior deve ser o primeiro servidor. O vigário geral recordou ainda que entre as obrigações do pároco está a visita aos mais carenciados

Dirigindo-se aos paroquianos, pediu que recebam o novo pároco “como seu legítimo pastor, auxiliem-no no bom desempenho da sua missão pastoral, concorram com os bens necessários á sua sustentação de modo que possa dedicar-se, com maior liberdade de espírito, ao serviço evangélico da comunidade cristã”

Nomeado no dia 19 de julho passado, o novo prior, de 34 anos, substitui o padre Agostinho Pinto acumulando assim com as duas paróquias de Tavira, onde realiza conjuntamente com o padre Vasco Figueirinha, de 25 anos, o mesmo serviço pastoral, sendo que o padre Flávio Martins é prior daquelas comunidades desde setembro de 2009

Samuel Mendonça

Pub