Pub

Segundo a oficial de dia do comando da PSP de Faro, “o pai terá disparado um tiro com uma arma transformada e acabou por matar o filho”.

A fonte acrescentou que no local eestão elementos da Polícia Judiciária e da polícia de investigação criminal da PSP, mas ainda não existem mais informações.

A PSP admite a hipótese de o crime ter sido cometido com o uso de uma arma de alarme que terá sido transformada em arma de fogo. Segundo explicou à Lusa a oficial de dia do comando da PSP, as armas de alarme licenciadas não se conseguem transformar em armas de fogo, mas as que são "facilmente compradas" no mercado negro podem ser transformadas, bastando mudar apenas o cano.

Folha do Domingo/Lusa
Pub