Pub

Em requerimento entregue na mesa da Assembleia da República, os deputados do PS João Soares, Jorge Fão e Miguel Freitas evocam uma “alegada falta de verbas” para a paragem e asseveram que as embarcações, que não fazem qualquer monitorização de bivalves há um ano, não têm certificados de navegabilidade.

“O Governo tem que explicar ao país porque razão estão paradas um conjunto de embarcações de apoio à pequena pesca e aos projetos de investigação na área do mar”, proclamou ontem Miguel Freitas.

De acordo como deputado socialista, a junção do IPIMAR com o Instituto de Meteorologia e Geofísica resultou “num grande instituto que perdeu a noção dos problemas locais e a necessidade de dar respostas ao essencial e àquilo que eram as competências do IPIMAR”.

Refira-se que a outra embarcação parada era utilizada no apoio à aquicultura em regime offshore, para transportar juvenis e rações para a estação piloto de investigação e fazer demonstrações junto à armação localizada junto à costa algarvia.

Rúben Oliveira com Lusa
Pub