Pub

Desde o dia 18, segunda-feira passada, que na paróquia de São Pedro, em Faro, se vem rezando, logo a seguir à Eucaristia das 18h00, pela unidade de todas as igrejas cristãs, com uma participação média entre
10 a 12 pessoas.

Ao longo da semana, e comungando da mesma unidade em Cristo, deveriam reunir-se para rezar fiéis de diferentes igrejas cristãs, desde protestantes, anglicanos, ortodoxos, entre outros.

“Infelizmente não houve grande divulgação desta Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos, pois constatámos que muitos fiéis desconheciam a existência da mesma”, reconheceram os organizadores.

Historial
No hemisfério norte, o período tradicional para a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos é de 18 a 25 de Janeiro. Essas datas foram propostas em 1908 por Paul Watson porque cobriam o tempo entre as festas de São Pedro e São Paulo e tinham, portanto, um significado simbólico.

Durante o século passado a reconciliação entre os cristãos tomou formas bastante diferentes. A espiritualidade ecuménica mostrou como a oração é importante para a unidade dos cristãos. Grande impulso foi dado à pesquisa teológica, levando a um grande número de acordos doutrinários. A cooperação prática entre as Igrejas no campo social fez nascer frutuosas iniciativas. Junto com essas conquistas mais amplas, a questão da missão assumiu um lugar especial. Há até um consenso generalizado de que a Conferência Missionária Mundial de Edimburgo (Escócia), em 1910, marcou o começo do movimento ecuménico moderno. 

Centenário da caminhada ecuménica
O centenário da Conferência Missionária, que aconteceu na cidade escocesa no século anterior, será comemorado em Junho de 2010 (www.edinburgh2010.org). Os organizadores querem que esse evento seja um tempo de acção de graças a Deus pelos progressos já alcançados com esta iniciativa ecuménica.

Pub