Breves
Inicio | Igreja | Há paróquias algarvias com novos párocos

Há paróquias algarvias com novos párocos

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

Os freis Paulo Ferreira e José Henriques, nomeados pelo bispo do Algarve no passado mês de julho, tomaram posse no último domingo, respetivamente, como pároco e vigário paroquial da paróquia de Pechão.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

O frei Paulo Ferreira substituiu o padre Ricardo Tavares que deixou a paróquia em novembro do ano passado, tendo sido substituído desde então pelo vigário geral da Diocese do Algarve, o cónego Firmino Ferro, que presidiu à eucaristia na qual foram empossados os nomeados.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

O frei Paulo Ferreira passou a acumular com a paróquia da Conceição de Faro da qual é prior desde 2010, comunidade para a qual o bispo diocesano nomeou também como vigário paroquial o frei José Henriques que veio para o Algarve em dezembro de 2013.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

Na eucaristia de tomada de posse, o cónego Firmino Ferro, que representou o bispo do Algarve, destacou os principais aspetos da provisão de nomeação, lida no início da celebração, sublinhando a importância da corresponsabilidade. “Somos corresponsáveis uns pelos outros porque somos comunidade. Não somos sozinhos”, destacou o vigário geral da Diocese do Algarve.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

Depois da homilia, os sacerdotes da Ordem dos Frades Menores (franciscanos) realizaram a sua profissão de fé e juramento de fidelidade a Cristo e à Igreja, seguindo-se a assinatura do auto da tomada de posse e a entrega simbólica da chave da igreja.

© Samuel Mendonça
O frei José Henriques (E) e o frei Paulo Ferreira (D) recebem a chave da igreja de Pechão das mãos do cónego Firmino Ferro (C) © Samuel Mendonça

No final, o frei Paulo Ferreira deixou um pedido aos seus novos paroquianos. “Não se inibam de se aproximar dos vossos padres. Estamos aqui é para vos servir, mas também só vos poderemos servir se vos conhecermos. O conhecimento, a proximidade, a amizade é fundamental. Estamos aqui para fazermos uma comunidade”, afirmou.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

O frei José Henriques aprofundou a importância do trabalho de comunidade.Não estou aqui para trabalhar para vós, mas para trabalhar convosco. Se trabalharmos juntos com fé e amor, certamente que esta paróquia tornar-se-á mais forte e sólida”, frisou.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

O bispo do Algarve já tinha dado posse, no passado dia 3 de agosto, ao padre Luís Amaral como pároco “in solidum” das paróquias de Nossa Senhora do Amparo, em Portimão, e da Mexilhoeira Grande, juntamente com o padre Domingos da Costa que já era pároco daquelas comunidades, respetivamente, desde 1975 e 2013. D. Manuel Quintas empossou também, no dia 31 de agosto, o padre Jesús Ejocha que substituiu o padre Nuno Coelho como pároco de Raposeira, Sagres e Vila do Bispo. O prelado presidiu igualmente, no último domingo, à eucaristia de tomada de posse do padre Nuno Coelho que substituiu o padre José Joaquim Campôa como pároco de Aljezur, Bordeira e Odeceixe.

Verifique também

Núcleo de Faro da LIAM celebrou 75 anos de trabalho missionário

O núcleo de Faro da Liga Intensificadora da Ação Missionária (LIAM) celebrou no passado domingo …