Breves
Inicio | Ambiente | Parque Natural da Ria Formosa recebe festival que alia a arte à defesa do ambiente

Parque Natural da Ria Formosa recebe festival que alia a arte à defesa do ambiente

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A partir de sexta-feira e durante três dias, a Quinta de Marim, sede do Parque Natural da Ria Formosa, em Olhão, recebe um festival que alia as artes à sensibilização ambiental, informou a organização em comunicado.

Na nota, a organização adianta que o Ecofest Marim ’18 “é uma oportunidade para celebrar o património musical, cultural, ambiental, natural e paisagístico”, num evento dirigido a toda a família, que inclui ações de preservação e valorização desde património.

Fazer observação de aves, observação noturna de camaleões, devolução à natureza de animais recuperados, passeios de burro para crianças, espetáculos musicais e “performances” de dança, poesia e artes plásticas são algumas das componentes do festival.

As atividades vão realizar-se em vários locais espalhados pelo recinto do festival, onde funciona a sede do Parque Natural da Ria Formosa (PNRF), como o Moinho de Maré, o Parque de Merendas e até nas margens da Ria Formosa, a partir das 10:00.

No primeiro dia do evento, entre as 10:00 e as 12:30, o auditório do PNRF recebe a conferência “Laboratório de Turismo Científico”, com as presenças do presidente da Quercus, João Branco, Cristina Veiga-Pires, do Centro de Ciência Viva do Algarve, Cláudia Henriques, da Universidade do Algarve e do jornalista e escritor Rui Cardoso.

De acordo com a organização, na área da alimentação e bebidas vai evitar-se ao máximo a utilização de plásticos, recorrendo ao conceito do Eco Copo e utilizando materiais amigos do ambiente nos suportes alimentares.

A organização do evento é da responsabilidade da ARCA (Associação Recreativa e Cultural do Algarve), em parceria com o Parque Natural da Ria Formosa, e com o apoio do programa 365 Algarve e da Câmara Municipal de Olhão.

Com entrada gratuita, o Ecofest é dirigido a pessoas de todas as idades, com um horário das 10:00 às 23:00, exceto no domingo, dia em que termina às 18:00.

Verifique também

Quatro grupos detetados a fazer campismo selvagem na Culatra

A Polícia Marítima detetou 38 pessoas a fazer campismo selvagem na ilha da Culatra, anunciou …