Inicio | Cultura | Pastoral do Turismo da Diocese do Algarve cria “passeio dos presépios tradicionais algarvios”

Pastoral do Turismo da Diocese do Algarve cria “passeio dos presépios tradicionais algarvios”

Presepio_algarvioUm passeio temático, desta feita sobre os presépios tradicionais algarvios, é a proposta que faz a equipa da Pastoral Diocesana do Turismo do Algarve no seu site, nesta quadra natalícia.

O padre Miguel Neto, coordenador deste grupo de trabalho da Igreja algarvia, explica que esta é uma forma de «dar a conhecer a especificidade desta tradição da região», sendo esse um dos objetivos desta iniciativa».

No trabalho agora disponibilizado, dá-se ênfase ao facto de o presépio algarvio ter caraterísticas únicas: a figura do Menino Jesus é a única que nele se coloca e fica, normalmente, em pé, em lugar de centra, surgindo glorioso, triunfante, como Salvador, Cristo Rei do mundo e do universo e sempre velado por uma lamparina de azeite. O presépio é montado no alto de uma estrutura em escadaria/trono, decorada com os frutos desta época do ano (laranjas e outros citrinos) e frutos secos, ervas perfumadas e as searinhas (sementes germinadas).

Presepio_algarvio (1)Miguel Neto refere que «várias paróquias têm, nos últimos anos, vindo a recriar esta tradição de “armar” o presépio algarvio e este passeio permitirá a quem aceder à plataforma online encontrar informação sobre os locais onde este ano estão visitáveis presépios tradicionais, quer seja em igrejas, quer em espaços museológicos». E explica, ainda, que «os passeios deverão ser feitos de forma autónoma por quem o desejar, à semelhança do que já se havia proposto em relação aos Santos Algarvios (Beatos Vicente de Albufeira e Gonçalo de Lagos)».

Assim, propõe a Pastoral do Turismo visitas aos presépios de São Brás de Alportel (igreja matriz e Museu do Trajo), Loulé (Museu de Loulé), Santa Bárbara de Nexe (igreja matriz), São Bartolomeu de Messines (Museu do Traje e das Tradições) e Paderne (igreja matriz). Disponíveis estão as coordenadas GPS, para quem quiser localizar os espaços e um mapa, com a morada de cada local onde o presépio está “armado”, bem como informação sobre os horários de visita.

No site encontram-se, também, informações sobre as tradições gastronómicas associadas à celebração do Natal no Algarve e informações sobre a festa de Dia de Reis, igualmente muito relevante nas tradições da região.

Os dados recolhidos pela Pastoral Diocesana do Turismo remetem para a informação compilada pelo pároco de São Brás de Alportel, padre José da Cunha Duarte, que recentemente fez uma conferência em Tavira sobre este tema e que foi acompanhada pela Folha do Domingo, bem como para dados fornecidos pelo cónego José pedro Martins.

A Pastoral Diocesana do Turismo contou com o apoio da Algardata para a criação das páginas dedicadas a este “passeio”.

Verifique também

“Eu não tenho nada (…) eu não devo nada”

Encarar uma situação má na nossa vida com sentido de humor, normalmente só acontece passado …