Pub

Durante a cerimónia, que contou com a presença do respetivo presidente da Junta de Freguesia, José Francisco, do presidente da Assembleia Municipal, Rui Correia, e da população, teve lugar o descerramento da placa inaugural, bem como a homenagem pública a todos os funcionários públicos do município que contribuíram para a concretização desta obra, a declamação de um poema alusivo ao pavilhão pela poetisa da terra Maria Catarina António e um lanche convívio.
A infraestrutura representa um investimento de cerca de 155.000,00 euros que vai contribui, segundo nota de imprensa do município de Vila do Bispo, «para a melhoria da qualidade de vida da população local e, também, do resto do concelho. Uma obra que espelha desenvolvimento, investimento e esforço coletivo, requisitos importantes para o desenvolvimento económico do município de Vila do Bispo». O pavilhão tem 578m2 e está dotado de condições para a prática de diversas atividades de carater desportivo, cultural e recreativo.
No seu discurso, Adelino Soares deixou «uma palavra de apreço á população da Raposeira, que soube esperar, pacientemente, durante décadas, pelo concretizar deste sonho que se tornou realidade». Salientou ainda que «A construção de um equipamento com esta importância não acontece todos os dias, muito menos num concelho que vive um período financeiro muito complicado».

Lúcia Costa

Pub