Pub

O sacerdote da Companhia de Jesus (jesuíta), natural da Madeira, foi missionário em África quase meio século, primeiro em Moçambique, durante 20 anos, e depois em Angola, durante quase 30 anos. De Moçambique, e por causa da sua posição em defesa das populações, acabaria mesmo por ser expulso, tendo vivido na prisão os seus últimos dias naquele país.

Para o Algarve, veio no dia 6 de dezembro do ano passado, para colaborar provisoriamente com o padre Arsénio da Silva, o pároco de Nossa Senhora do Amparo, impossibilitado de continuar a assistir aquela comunidade com a mesma dedicação devido à doença que o acometeu.

Samuel Mendonça
Pub