Pub

Foto © Mira/CML
Foto © Mira/CML

A 110.ª edição do Carnaval de Loulé vai ser dominada por “piratas” da atualidade política e desportiva nacional, que vão animar o famoso corso carnavalesco algarvio nos dias 06, 07 e 09 de fevereiro, anunciou na segunda-feira a organização.

O tema “O grande Naufrágio” vai estar presente nos 14 carros alegóricos e, segundo o criativo Paulo Madeira, conhecido por Palhó, a sátira nasceu do desenho de um pirata: “Adaptámos um pouco os nossos políticos que não são menos piratas que os outros”.

Foto © Mira/CML
Foto © Mira/CML

Entre o leque de “piratas” confirmados está o Capitão António “Gancho” Costa que irá estar ao leme de uma caravela cor-de-rosa enquanto o Capitão Pedro “Gancho” Passos Coelho, que ganhou fama de terror dos mares nos últimos anos, estará à deriva, esclareceu a organização.

O carro alusivo às eleições presidenciais deverá ser dos últimos a ficar pronto uma vez que os criativos aguardam os resultados das eleições para poderem colocar cada elemento no seu lugar correto, esclareceu Palhó.

Foto © Mira/CML
Foto © Mira/CML

Como manda a tradição o corso decorrerá na Avenida José da Costa Mealha e, além dos carros alegóricos, a animação vai estar por conta de escolas de samba, grupos de animação que representam as coletividades do concelho, cabeçudos, gigantones e muitas outras atrações que vão envolver 700 figurantes.

Cada ingresso custa dois euros e a autarquia vai voltar a distribuir metade das receitas a instituições de solidariedade social do concelho.

Foto © Mira/CML
Foto © Mira/CML

A angariação de receitas para o apoio aos mais carenciados foi, de resto, um dos objetivos da primeira edição do Carnaval de Loulé, em 1906, que teve como mentor José da Costa Guerreiro.

A aposta na afirmação deste evento daquele concelho algarvio tem sido consolidada ano após ano, tendo a autarquia reservado mais verba para esta edição, que terá um investimento superior a 300 mil euros.

“Vamos esmerar-nos para que o Carnaval possa superar-se em termos de qualidade”, afirmou o presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vitor Aleixo, durante a apresentação do cartaz que decorreu nas oficinas onde os carros alegóricos estão a ser construídos.

Foto © Mira/CML
Foto © Mira/CML

Frisando que o Carnaval de Loulé marca o ritmo da folia no Algarve e em Portugal há 110 anos, a autarquia marcou o arranque das festividades para a manhã de 05 de fevereiro com um desfile infantil onde participarão cerca de 3 mil crianças das escolas públicas e privadas do pré-escolar e primeiro ciclo do concelho.

Para quem quer viver a folia carnavalesca louletana em toda a sua variedade é ainda possível conhecer os corsos de Carnaval de Quarteira e de Alte, ambos com um cariz mais popular mas com grande personalidade.

Na segunda-feira, 08 de fevereiro, os foliões podem voltar “à carga” no tradicional baile do celeiro que Vitor Aleixo sublinhou que já não decorre no celeiro mas sim nas instalações do NERA, a partir das 21:30 com o tema “Os piratas de Al-‘Ulyá”.

Pub