Pub

Segundo a mesma fonte, o Laboratório de Polícia Científica (LPC) "irá emitir, em breve, um comunicado com informação sobre as peritagens", que decorreram ao longo de mais de um mês naquele espaço comercial.

Os peritos, entre os quais técnicos do Laboratório de Polícia Científica (LPC), procuraram indícios que "pudessem explicar a ignição do fogo" que destruiu sete lojas daquele parque comercial algarvio.

Considerado de "especial complexidade", o trabalho dos investigadores estendeu-se por cerca de 15 mil metros quadrados de área destruída, apoiado por máquinas na movimentação dos destroços.

Um incêndio destruiu, na madrugada do dia 23 de setembro, as lojas Continente, Moviflor, Rádio Popular, DeBorla, Staples, Aki e Decathlon, no Retail Park, poupando apenas a zona da restauração, uma oficina de reparação automóvel e um posto de abastecimento de combustível.

Lusa
Pub