Pub

Em comunicado, a diretoria do Sul da PJ revelou que o crime ocorreu na noite de quinta-feira, quando os suspeitos manietaram um homem de 43 anos, pondo-o na bagageira de um automóvel e conduzindo-o para um lugar ermo, nos arredores da cidade.

Já nesse local, agrediram-no, apoderaram-se da sua roupa e do telemóvel e abandonaram-no.

Sem roupas, a vítima tentou sem sucesso pedir ajuda, batendo à porta de várias casas da cidade, acrescentou a mesma fonte.

Os sequestradores têm um "longo cadastro" e terão cometido o crime como forma de intimidação para reaver dinheiro de um negócio mal resolvido, cujos contornos a fonte da PJ não quis especificar.

Os suspeitos, de 42 e 38 anos, acabaram por ser detidos pela PJ na sexta-feira.

Depois de terem sido ouvidos em tribunal, no sábado, ficaram sujeitos a termo de identidade e residência e a apresentações periódicas às autoridades policiais.
Lusa

Pub