Pub

Um homem suspeito de abusar sexualmente da filha menor foi detido pela Polícia Judiciária, em Loulé, vai ficar a aguardar julgamento em prisão preventiva, anunciou hoje a Procuradoria da Comarca de Faro.

“Há suspeitas de que o arguido, em, pelo menos, seis diferentes ocasiões, entre junho de 2017 e junho de 2018, abusou sexualmente da sua filha. A vítima tinha 11 anos quando sofreu os primeiros abusos e reside com o arguido”, lê-se na página oficial da procuradoria na internet.

O detido, pedreiro de profissão, está indiciado pela prática de crimes de abuso sexual de crianças agravado.

Pub