Pub

Policia_judiciariaUm homem de 41 anos foi ontem detido em Loulé, suspeito de abrir correspondência endereçada a terceiros, no exercício da sua atividade profissional, anunciou em comunicado a Polícia Judiciária (PJ).

Segundo a PJ, o homem “foi detido em flagrante delito, pelas 09:00 de ontem, quando abriu indevidamente correspondência à sua guarda, endereçada a terceiros”.

Após buscas efetuadas à residência do arguido e ao centro de distribuição de correspondência de Loulé, a polícia “apreendeu um dos objetos que teria subtraído anteriormente”.

O homem, suspeito do crime de violação de segredo de correspondência, vai ser presente a tribunal para ser ouvido em primeiro interrogatório judicial e para aplicação de eventuais medidas de coação.

Pub