Pub

Segundo a Judiciária, em novembro do ano passado, quatro pessoas ter-se-ão introduzido numa residência em Olhão, "manietado o proprietário e subtraído objetos num valor superior a 2 000 euros".

Dessas quatro pessoas envolvidas, há três arguidos a aguardar julgamento em prisão preventiva, tendo agora a Judiciária detido o quarto suspeito e que vai ser presente às autoridades judiciais para primeiro interrogatório de aplicação das medidas de coação.

Pub