Pub

Após ter sido visto por mais de 350 mil espectadores, em 14 meses de exibição, em Lisboa e no Porto, A Gaiola das Loucas, estreou domingo, numa iniciativa do município de Portimão, sob o olhar atento de ilustres espectadores, entre os quais, Maria Barroso, Manuel da Luz, Rui Nabeiro, João Soares e Fernando Tordo.

As loucas, divertidas e exuberantes personagens desta comédia teatral, relatam uma história de amor que decorre a um ritmo vertiginoso e hilariante, e que aborda temas tão contemporâneos como a sexualidade, a rivalidade Porto/ Lisboa, a dualidade conservadores/ liberais e a disputas entre clubes desportivos.

A encenação, embelezada por um guarda-roupa de excelência assinado por João Rôlo, conta também com dezenas de bailarinos, coreografados por Inna Lisniak, e cantores, que se juntam à orquestra dirigida pelo Maestro Artur Guimarães.

Escrita por Jean Poiret em 1973, A Gaiola das Loucas estreou, pela primeira vez, em Paris, onde foi vista por mais de um milhão de espectadores. Foi ainda adaptada várias vezes ao cinema, a última das quais e mais recente, em 1996, protagonizada por Robbin Williams, Gene Hackman e Nathan Lane.

Esta megaprodução de Filipe La Féria é reconhecida, pela crítica e pelos autores norte-americanos, como a melhor versão de sempre de A Gaiola das Loucas, envolvendo uma equipa de 150 pessoas. No total, foram necessários quatro camiões TIR para transportar os cenários e os milhares de adereços, como 75 vestidos do estilista João Rolo, 2 mil coloridas plumas, 60 perucas, 200 anéis e dezenas de produtos de maquilhagem.

A Gaiola das Loucas

Até 31 de Agosto | Todos os dias :: 22h00

Centro de Congressos do Arade

M/ 12 anos

Preço: entre os € 15 e os € 35

Pub