Pub

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A Polícia Judiciária deteve três homens suspeitos de se fazerem passar por pessoas próximas de uma mulher e aproveitarem o seu estado de embriaguez para a violarem, no caminho entre Faro e Olhão, informou hoje aquela polícia.

Em comunicado, a PJ adianta que o caso começou a ser investigado após a apresentação de uma queixa por alegada violação, na madrugada de 09 de outubro, tendo os três homens sido depois detidos na passada segunda-feira.

Segundo a PJ, a mulher, de 28 anos, foi abordada em Olhão “por três homens estrangeiros que, arrogando-se amigos de pessoa das relações da vítima a persuadiram a acompanhá-los a estabelecimentos de diversão noturna” em Faro.

“Finda a noite de diversão e no trajeto de regresso à cidade de Olhão os suspeitos, aproveitando-se do estado de embriaguez da vítima para o qual contribuíram, constrangeram-na à prática de cópula”, lê-se no comunicado.

Depois de terem sido presentes a primeiro interrogatório judicial, os suspeitos, com idades entre os 20 e os 30 anos de idade, ficaram obrigados a apresentações bissemanais no posto policial da área de residência ou trabalho e proibidos de contacto com a vítima.

Estão ainda proibidos de se ausentarem para o estrangeiro, com apreensão dos respetivos passaportes, bem como proibidos de adquirirem armas ou outros objetos suscetíveis de serem usados na prática de crimes.

Não podem, igualmente, ausentar-se da freguesia de domicílio ou trabalho.

Pub