Pub

“Hoje ninguém meteu baixa. Os elementos policiais já se apresentaram ao serviço”, declarou o comandante.

Alguns elementos já regressaram da baixa médica às 02:00 de hoje, estando prevista para breve uma reunião com o comandante Vítor Rodrigues.

A maioria dos policias desta esquadra de Faro recorreram no fim de semana passado à baixa médica, férias e assistência à família para protestar contra o novo regime de horários, mas o comandante Vítor Rodrigues disse que o serviço esteve assegurado.

“Os horários que nos são propostos não permitem conciliar a vida profissional com a familiar. Estão a obrigar-nos a trabalhar oito dias seguidos e a descansar dois e só temos um fim de semana de quatro em quatro meses”, disse à Lusa um dos agentes da esquadra de Faro que pediu o anonimato.

O protesto de agentes da PSP de Faro foi marcado após uma convocatória afixada num ‘placard’ da esquadra de Faro com o título “reunião de chá”.

Dessa reunião foi decidido avançar para um protesto recorrendo a baixas médicas, à semelhança do que fizeram recentemente agentes da PSP de Braga.

Lusa

Pub