Pub

EstetoscopioA Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve e a Câmara de Castro Marim acordaram a prestação de cuidados de saúde primários no domicílio à população mais carenciada do interior do concelho, que será formalizada num protocolo entre as duas instituições, anunciou o município algarvio.

O protocolo foi estabelecido pelos presidentes do Conselho Diretivo da ARS do Algarve, João Moura Reis, e da Câmara de Castro Marim, Francisco Amaral, numa reunião realizada na sexta-feira, em Faro, e que permitiu, segundo um comunicado da autarquia, “garantir o acesso à consulta médica e de enfermagem à comunidade idosa e isolada do concelho do sotavento algarvio”.

A mesma fonte indicou que a ARS Algarve se comprometeu a “ceder médicos para a realização das consultas” e a autarquia a “disponibilizar viatura, motorista e assumir os encargos com a profissional de enfermagem”.

A medida deverá ser formalizada numa cerimónia a realizar na Câmara de Castro Marim ainda em maio.

Pub