Pub

Sujeitos a contrato a termo até ao fim da época alta do Turismo, os novos funcionários terão como principal função informar os visitantes que chegam a Portugal em veículos de matrícula estrangeira das regras exigidas para circular nas autoestradas com pórticos automáticos.

O novo “easy toll” possibilitará o registo de cartões bancários dos automobilistas e a sua associação a uma matrícula, fotografada por um dispositivo automático. Posto isto, o sistema deixará livres as atuais faixas de rodagem para veículos de matrícula portuguesa ou outros, que tenham identificadores nacionais.

A empresa anunciou que para a A22 serão necessários mais de 25% daquele efetivo, que será distribuído também pelas antigas fronteiras de Chaves (A24), Vilar Formoso (A25) e Cerveira (EN13/A28).

Rúben Oliveira com Lusa
Pub