Pub

As estruturas vandalizadas são pequenas casas de betão onde está resguardado o equipamento elétrico para o funcionamento das futuras portagens.

A GNR precisou que o incidente ocorreu em Boliqueime, Loulé e Olhão entre as 03:00 e as 06:00.

A ação terá sido concertada e em simultâneo e consistiu na colocação de pneus a arder dentro das casas, cujas portas foram arrombadas, acrescentou.

Este caso está a ser investigado pela Polícia Judiciária.

A colocação de portagens na Via Infante tem gerado vários protestos, inclusive de espanhóis que consideram a introdução de portagens naquela via um recuo de trinta anos ao tempo em que não existia uma ponte de ligação entre o sul de Portugal e Espanha.

As fundações para instalar os pórticos na A22 começaram a ser construídas em fevereiro.

A Via Infante de Sagres liga Vila Real de Santo António a Lagos/Bensafrim, numa extensão de 130 quilómetros.

Lusa
Pub